Revista Trías

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Análise da Figuração Feminina em "O Tempo e o Vento", de Érico Veríssimo

E-mail Imprimir PDF
Gisele do Rocio Borges

O presente artigo busca mostrar as relações existentes entre o discurso histórico e o discurso literário, ambos repletos de significação. A História Nova, ligada à École des Annales, mostra que todo discurso apresenta uma ideologia. É sobre a ideologia presente em O Tempo e o Vento, de Érico Veríssimo, que focaremos este trabalho. A obra estabelece uma dialética entre os valores sociais e os valores apresentados, sendo que o narrador deposita sua ideologia na ação das mulheres, que serão o ponto de permanência e continuidade. É a partir dessa premissa revisionária do discurso oficial que faremos nosso estudo, analisando a matriz feminina na obra, centralizando nosso enfoque às personagens de Ana Terra e Bibiana.

[acesse o artigo completo]

 


Licença Creative Commons
Todos os trabalhos publicados na Revista Trías
(ISSN 2179-0604)
estão sob a
Licença Creative Commons

Os artigos publicados na Revista Trías são indexados pelo DOAJ (Directory of Open Access Journals)